Header Ads

Safadão avalia críticas por ter pedido revisão de pensão do filho: ‘Injustiçado’


Wesley Safadão colocou um ponto final a respeito da revisão da pensão que paga para o filho, Yhudy, de 7 anos, fruto do casamento com a influenciadora digital Mileide Mihaile. Segundo o forrozeiro, o valor acordado é o mesmo que ele já pagava, informalmente, desde 2015. “Quero deixar bem claro que eu nunca pedi a redução e sim a revisão.

Eu vivo nessa loucura, trabalho há 18 anos para dar o melhor para os meus filhos, minha família… Esse período agora serviu até para eu fazer contas de quanto realmente eu gastava com meu filho. Eu só quero regularizar tudo o que eu já faço, que fique registrado tudo o que eu já faço”, explicou ao programa “Fofocalizando”, do SBT.

‘ACHO QUE FUI INJUSTIÇADO’, DIZ CANTOR
Após se emocionar na web ao falar da disputa judicial, Safadão avaliou as críticas por ter pedido revisão de pensão do primogênito. “Anos atrás surgiu que eu queria tomar a guarda da Mileide, eu não queria tomar a guarda dela, queria poder ver mais o meu filho. Então, foi onde eu busquei a guarda compartilhada, de poder dormir com o meu filho, que ele pudesse conviver com a minha família. Essa questão de ser injustiçado, eu acho que sim. E às vezes eu ficava chateado porque assim: estou uma quarta-feira em casa e queria estar com ele, mas não era possível. Então assim: o que você quer? Quero mais flexibilidade com meu filho. Vamos se acertar aqui, está resolvido, bom para os dois…”, disse.

Durante a entrevista, Wesley afirmou ainda que está satisfeito com a decisão da Justiça. “Nós conversamos na hora, na frente do juiz, do promotor. O acordo é bom para os dois. Uma coisa que eu fiquei mais feliz, com o coração aliviado, é poder trabalhar em paz, é poder sair de casa e quando eu voltar para casa eu saber que vou poder estar convivendo com meu filho”, declarou o cearense, que também é pai de Ysis, que completou 4 anos recentemente, da união com a empresária Thyane Dantas, que não foi citada no acordo.


Pure People